• Prospera Consultoria

Sua empresa passa por dificuldade financeira? Veja para onde vai o seu dinheiro!


Tenho conversado com muitos empresários sobre o tema “dificuldade financeira das empresas” e percebo que este assunto está cada vez mais presente na realidade das empresas brasileiras. Independente do tamanho destas empresas sempre surgem os mesmos questionamentos: “Como vou fechar as contas no final do mês?”, “Minha empresa está dando lucro?” ou “Para onde foi o meu dinheiro?”. Por isso gostaria de apresentar algumas dicas simples, porém muito efetivas e que se aplicadas com bastante disciplina darão todas as respostas sobre as finanças da sua empresa, vamos lá.

1. Separe Custos e Despesas Variáveis de Custos e Despesas Fixas

Faça o exercício de separar quais gastos variam diretamente com as suas vendas e quais não variam , ou seja, vendeu mais, gastou mais! Isso te ajudará a encontrar a Margem de Contribuição da sua empresa e consequentemente encontrar o seu Ponto de Equilíbrio de vendas. Aí vão alguns exemplos de Custos e Despesas:

a) Custos Variáveis: Matéria prima e/ou Custo dos produtos vendidos;

b) Despesas Variáveis: Comissão sobre vendas e Impostos sobre vendas;

c) Custos Fixos: Aluguel da empresa e Salários do setor produtivo;

d) Despesas Fixas: Contabilidade e Salários administrativos.

2. Use a regra dos 12 meses

Pode parecer óbvio, mas alguns gastos pequenos são desconsiderados na hora do corte de despesas. Por isso use este macete: Multiplique este pequeno gasto mensal por 12 meses, você ficará espantado e isto te motivará a eliminá-lo rapidamente. Comece a analisar tarifas bancárias, taxas de cartão de crédito e débito, despesas com correspondência e aos poucos você terá alcançado uma boa economia.

3. Registre todos os gastos de modo que consiga analisá-los depois

Não é incomum ver empresas que não conseguem enxergar seus próprios números! Não estou falando de relatórios avançadíssimos que precisariam de uma controladoria para elaborar, estou falando de relatórios básicos de entrada e saída do dinheiro da empresa em um mês. São diversas as justificativas para isto, mas aqui vai a dica de ouro: Não feche os olhos para os números do seu negócio nunca! Principalmente quando ele tiver algum problema financeiro. É desgastante olhar o resultado negativo, mas somente quando se cria intimidade com as entradas e saídas é que se sai de uma crise financeira. Por mais que você conheça o seu negócio, sempre há oportunidades de melhoria e o seu financeiro vai te mostrar boa parte delas.

Cuidado com as pequenas despesas. Um pequeno vazamento afundará um grande navio”.

Benjamim Franklin

#dinheiro #dívida #faltadedinheiro

8 visualizações