• prosperaestrategia

Dicas e soluções para sua empresa sobreviver a crise do COVID-19


Considerando que as notícias e informações sempre possuem um delay e que o número de infectados de hoje é um reflexo de quem foi infectado há dias ou até mesmo semanas atrás, assim como o de fatalidades. Se esperar quando as notícias parecerem realmente ruins, você já terá perdido um tempo mais do que precioso e acabará entrando numa bola de neve sem saída. Sendo assim, está na hora de agir.




Este artigo traz as principais atualizações para os empresários em relação a medidas que ajudarão a manutenção da sua empresa durante esta pandemia do novo coronavírus.


Acompanhe as medidas, decretos e novas leis


Os governos estão buscando aprovar medidas para ajudar todos a superarem esse período de crise. Novas Medidas provisórias, Leis e similares estão sendo publicadas quase que diariamente. É importante que você acompanhe tais movimentações. Abaixo algumas já conhecidas:


Postergação do Pagamento do Simples Nacional


A prorrogação em 6 meses dos tributos federais das empresas optantes do Simples Nacional foi mantida pelo Comitê-Gestor, ou seja: a) o Período de Apuração Março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, vencerá em 20 de outubro de 2020; b) o Período de Apuração Abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, vencerá em 20 de novembro de 2020; c) o Período de Apuração Maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, vencerá em 21 de dezembro de 2020.

Atenção: O ICMS e o ISS apurados no Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Declaratório (PGDAS-D) ficam prorrogados por 3 meses da seguinte forma: a) o Período de Apuração Março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, vencerá em 20 de julho de 2020; b) o Período de Apuração Abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, vencerá em 20 de agosto de 2020; c) o Período de Apuração Maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, vencerá em 21 de setembro de 2020.



Recolhimento do FGTS e INSS


O Governo federal autorizou que o recolhimento do INSS e FGTS da folha de pagamento seja postergado por três meses a partir de março/2020 (poderão ser postergados os recolhimentos em março, abril e maio de 2020). Importante ressaltar de que deverão ser compensados no futuro. Os empregadores que quiserem suspender o recolhimento do FGTS das competências de março, abril e maio de 2020, sem a cobrança de multa e encargos, devem declarar as informações dos trabalhadores via SEFIP, utilizando obrigatoriamente a Modalidade “1”, até o dia 07 de cada mês.



Medida Provisória 936 – 1º de Abril de 2020 – Programa emergencial de Manutenção de emprego e renda

Permite a suspensão do contrato de trabalho por até 60 dias (30+30) ou redução proporcional da jornada x trabalho em 25%, 50% ou 70%.

Avalie a situação da sua empresa


Liquidez de caixa: Questionamentos • Quanto tempo sua empresa aguenta se manter sem faturar ou com faturamento reduzido?

• Quanto tempo você consegue pagar seus funcionários sem precisar demití-los? • Consigo manter alguma venda nesse período?


Liquidez de caixa: Possibilidades


• Analise quais despesas podem ser suspensas ou eliminadas neste período.

• Defina um valor mínimo que a sua empresa precisa por mês para superar a crise.

• Acompanhe seu índice de inadimplência.

• Antecipe os seus recebíveis, mas somente após a revisão das despesas.

• Busque ter a maior quantia de dinheiro disponível, pronta para utilização e de rápido acesso, que pode implicar, inclusive, buscar bancos de relacionamento para pré-aprovar linhas de crédito.

• Coloque as possíveis parcelas do financiamento no seu fluxo de caixa.

• Aproveite a possibilidade de renegociação das parcelas bancárias atuais - A maioria dos bancos está com abertura para renegociação e carência nas parcelas. Vale a pena analisar as propostas e utilizar este artifício.

• Tenha cautela no momento de fazer demissões de funcionários.



Equipe

Mantenha contato diário com seu time de liderança. Nesse momento de crise e de distanciamento o ideal é que o time de liderança se comunique todos os dias revisando sempre o trabalho que está sendo desenvolvido e as ações que estão sendo tomadas.

Contratos


Reveja todos os seus contratos, seja de recebimento ou pagamento e avalie cada um deles.


Para os contratos que geram receita:

O objetivo aqui é garantir que a receita já contratada realmente aconteça. • Seus clientes também estão sendo impactados pela crise e vão tentar cortar custos. • Por tanto é importante analisar individualmente cada um desses contratos. • Avalie como reter esse cliente para não perder receita e fluxo de caixa nesse momento.

Ações possíveis para manter os contratos que geram receita:

Oferecer aos seus clientes condições diferenciadas de pagamento (parcelamento) para não precisar suspender os contratos e zerar esse fluxo de receita. • Crie e oferecer serviços extras com custo baixo ou até sem custo nenhum, para reter o contrato (adicionar consultorias, serviços online, etc.). • Antecipar os pagamentos com algum desconto (tente antecipar o recebimento futuro com algum desconto para o seu cliente, assim você garante mais caixa para suportar o momento atual).

Para os contratos que geram despesas:

Faça uma avaliação de todos os seus contratos com fornecedores e organize por ordem de importância para seu negócio, assim como os prazos, e seus valores. • Comece analisando seus fornecedores com maiores margens, visto que eles normalmente possuem maior flexibilidade para negociar. • Priorize contratos de maior valor e/ou que estão mais próximos, visto que eles gerarão maior impacto no seu fluxo de caixa. • Entenda que o seu fornecedor poderá simplesmente não aceitar as suas propostas de negociação, portanto analise as cláusulas dos contratos, e as possibilidades dentro disso. • Tome cuidado com os pequenos fornecedores, que possuem menos margem ou fluxo de caixa. Eles também estão passando por um momento complicado e podem quebrar caso você os pressione demais nesse momento.


Divulgue e Venda

Marketing e Vendas • Não pare de anunciar. Mude a abordagem, mas se mantenha na mente dos clientes. • Crie e entregue conteúdo relevante do seu negócio. • Não pare de planejar as vendas futuras. • Não é hora de pensar em expansão, mas você pode pensar em novos produtos ou serviços. • Crie um plano de Gestão Pós-Crise.


Modelo de gestão pós-crise


Lembre-se que estamos vivendo um momento de exceção e que todas as relações de trabalho, negócios e consumo estão sendo afetadas numa velocidade nunca antes vista. • De uma só vez nos vemos a adotar home-office, vender “on-line”, gerar demandas na escassez, etc. • Considerando isso, faça uma avaliação se o modelo de negócio da empresa está, de alguma forma, pronto para um novo cenário econômico que estará por vir. • Reúna um time estratégico, oportunamente, e discutam quais alterações nas suas relações com seus clientes precisam ser repensadas e inovadas.


Bons negócios.

74 visualizações

Posts recentes

Ver tudo